aliger em Gestão de facilites

9 de abril, 2019

Gestão de facilites: como o uso de sensores pode ajudar na redução de custos?

A gestão de facilites é um ponto importante do gerenciamento tanto de empresas e prédios quanto de plantas industriais. Além disso, ela está ganhando terreno com o desenvolvimento tecnológico em prol de uma melhor eficiência e redução de custos. Através de um cenário futurístico e promissor, a gestão de facilites utilizará de um amplo controle e ações automatizadas. Um ótimo exemplo são os chamados assistentes virtuais que ganharam bastante espaço, a partir do ano de 2017. Criados para serem aplicados em aeroportos, hotéis e supermercados, este tipo de assistente consegue identificar as solicitações dos usuários e manter o ambiente ao seu redor controlado, fazendo o papel de um porteiro, garçom ou recepcionista. Saiba mais sobre a gestão de facilites e em como pode ajudar na redução de custos. Continue lendo a nossa publicação!

A gestão de facilites e o seu impacto na redução de custos

Ter um sistema que entenda as informações do ambiente ao seu redor e consiga controlar os indicadores para obter uma melhor forma de gerenciamento já faz parte de um avanço na utilização da tecnologia. Uma boa gestão de facilites administra e assegura que as necessidades da empresa estão sendo atendidas de forma satisfatória e de preferência promovendo também a redução de custos. Como exemplo do impacto da gestão de facilites pode-se facilmente pensar em um shopping ou supermercado. Este tipo de gestão permite que sejam otimizadas as interações com o consumidor, principalmente, ao agregar os assistentes virtuais e as tecnologias de coleta e análise de dados. Interação com produtos, utilização de aplicativos móveis e até a identificação do caminho de compra de cada consumidor são ótimos exemplos de aplicações importantes neste tipo de ambiente.

E como o uso de sensores na gestão de facilites ajuda na redução de custos? 

Os sensores são extremamente importantes em qualquer plataforma de controle e de gerenciamento por permitir que seja realizada a aquisição dos dados do ambiente e enviando estes dados para processamento. Diante de operações e ambientes controlados, ter à disposição essas informações para as diferentes ferramentas melhora o estado geral do sistema de controle, como um todo. Além dos sensores em si, a interpretação das informações é um grande passo para a gestão de facilites. Esta análise de dados, em tempo real, permite a automatização do trabalho e juntamente com os sensores promovem mais inteligência ao ambiente, de uma forma geral. Conseguir prevenir e mitigar efeitos de quebra, falhas ou falta de material pode ser um grande fator na redução de custos.

Exemplos da utilização de sensores na gestão de facilites

Um bom exemplo da utilização de sensores na gestão de facilites são as plataformas de gerenciamento corporativo, que permitem o controle das tarefas para determinadas equipes. Num ambiente de temperatura controlada, por exemplo, a equipe de manutenção pode ser informada automaticamente a partir da leitura dos sensores de temperatura que apontam dados fora do comum e inconformidades. Um outro bom exemplo da gestão de facilites é o despacho de ordem de serviço e compra de materiais, a partir da leitura dos sensores dos estoques e dos níveis dos diferentes materiais.

Saiba mais!

Compreender que a utilização de tecnologias como os sensores podem impactar diretamente na redução de custos e na otimização da gestão de facilites é um ponto importante para qualquer forma de gerenciamento e controle e é essencial estar bem informado. Acesse também o nosso conteúdo sobre como usar a tecnologia na gestão de pessoas! Continue acompanhando as publicações do nosso blog! 

Escrito por

Tags

Open chat