aliger em IoT

25 de abril, 2019

IoT na pecuária: qual a importância para o sucesso do setor?

A Internet das Coisas (IoT) já se expandiu para todos os setores da economia. O agronegócio, um dos mais importantes do Brasil, obviamente não ficou de fora. A utilização dispositivos da IoT na pecuária tem gerado resultados muito promissores, tais como um maior controle dos rebanhos, maior eficiência do processo reprodutivo e monitoramento eficiente da saúde dos animais.

Continue a leitura para descobrir alguns benefícios da utilização da tecnologia IoT na pecuária!

Monitoramento da saúde

A morte de bovinos é uma das principais causas de prejuízos para os produtores. Por isso, é importante que haja um monitoramento contínuo da saúde dos animais para que seja possível tomar providências antes que eles cheguem a óbito. As soluções de IoT na pecuária permitem que os pecuaristas monitorem de perto a saúde de seu rebanho, o que é uma maneira eficaz de evitar perdas.

As soluções geralmente empregam wearables de gado conectados a um gateway, usando uma tecnologia de baixo custo e baixa largura de banda para transmitir dados para a nuvem. Os sensores conectados a esses dispositivos podem monitorar a pressão arterial, frequência cardíaca, frequência respiratória, digestão, temperatura e outros sinais vitais que permitem que o pecuarista seja alertado ao primeiro sinal de doença.

Sem o monitoramento da IoT, problemas como um transtorno alimentar pode passar despercebido até que um ou mais animais necessitem de cuidados veterinários. Com sensores continuamente medindo a condição e o comportamento de cada animal, os pecuaristas podem evitar esses custos adotando medidas corretivas o quanto antes.

Monitoramento dos ciclos reprodutivos e parto

O uso de IoT na pecuária também pode ser útil durante o ciclo reprodutivo dos bovinos. Com essa tecnologia, é possível monitorar quando uma vaca entra em cio e quando está pronta para o parto.

Segundo estudos, o cio das vacas leiteiras dura entre 10 e 18 horas. Por isso, é importante identificá-lo o quanto antes, seja para realizar a inseminação artificial ou para induzir a monta. Os dispositivos de IoT podem notificar o início do cio com precisão, o que aumenta a produtividade, a eficiência e a receita potencial.

Da mesma forma, quando a vaca entra em trabalho de parto, um sensor de IoT pode enviar um alerta ao agricultor. Assim, esse processo se torna mais seguro e elimina a necessidade de alguém verificar continuamente se o animal começou a parir.

Localização de rastreamento

O uso de sensores de IoT na pecuária também pode ajudar a rastrear a localização de um animal, o que é útil quando os rebanhos estão espalhados por vários acres. O local de rastreamento permite que um agricultor localize imediatamente um animal doente ou um animal que tenha entrado em cio. Assim, é possível separá-lo do rebanho quando for necessário.

Monitorar a localização de um animal também permite que um agricultor reconheça padrões de movimento para cada animal. Dessa forma, o pecuarista pode ser alertado quando o algum bovino apresentar comportamento fora do padrão, o que pode ser um sinal de doença.

Além disso, o rastreamento de movimento pode ajudar a maximizar a pastagem de uma fazenda. A partir dos dados coletados, é possível identificar a migração do rebanho. Consequentemente, os agricultores podem estabelecer e otimizar os padrões de pastoreio.

Controle da alimentação de IoT na pecuária

Os agricultores também podem usar o rastreamento de movimento para monitorar que frequência cada animal se alimenta.

É possível correlacionar movimentos dos bovinos com comportamentos específicos, como pastoreio, socialização, ruminação e descanso. Saber com que frequência cada um desses comportamentos ocorre permite que os agricultores ajustem os requisitos de alimentação de seus rebanhos para que evitar desperdícios ou superalimentação.

O uso de dispositivos de IoT na pecuária é extremamente útil para emitir alertas em tempo real. Isso ajuda a aumentar a eficiência de uma fazenda significativamente. Além disso, os dados fornecidos ao longo do tempo são igualmente importantes para melhorar o gerenciamento dos rebanhos.

Reunir todos os dados permite que um pecuarista tome decisões com base em um entendimento completo de todos os aspectos da fazenda. Padrões de rebanho podem levar a uma visão sobre as taxas de parto ou a causa de uma doença.

Em última análise, os agricultores serão os únicos a cuidar de seus animais, mas a IoT pode otimizar e simplificar muitas atividades. Com a implementação da tecnologia IoT na pecuária, é possível monitorar a saúde, a fertilidade, a movimentação, a localização e muito mais. É com o uso da tecnologia que os produtores conseguem aumentar sua eficiência, produtividade e receita.

A IoT ainda trará muito progresso para o campo. Se você gostou de saber mais sobre a importância do uso dessa tecnologia na pecuária, também irá gostar de conhecer nosso guia completo de aplicações para IoT. Tenha uma boa leitura!

Escrito por

Tags

Open chat