aliger em instagram

4 de abril, 2019

Monitoramento da qualidade do ar nas fábricas: veja como a IoT pode ajudar!

Não há dúvidas que a Internet das Coisas (IoT) agrega valor às empresas. Agora, devido ao seu alcance crescente, essa tecnologia também está sendo usada para ajudar a melhorar os ambientes de trabalho. Um dos recursos utilizados para alcançar esse objetivo é o monitoramento da qualidade do ar.

A maioria das fábricas atualmente está tentando fornecer um ambiente limpo, saudável e seguro para seus funcionários com a intenção de maximizar sua produtividade. É uma época em que simplesmente não podemos ignorar os riscos à saúde que um ambiente poluído traz.

O foco principal tem sido melhorar a qualidade do ar para garantir que todos os funcionários passem seu tempo em um ambiente saudável. Além disso, com esse posicionamento, as empresas demonstram sua responsabilidade social e preocupação com o bem-estar no ambiente de trabalho.

Veja como a IoT tem ajudado as empresas nesse objetivo, oferecendo dispositivos de monitoramento da qualidade do ar!

Monitoramento da qualidade do ar

Com a tecnologia IoT, o ambiente fabril pode ser monitorado quanto ao nível de oxigênio, umidade,  poeira, gás, CO2 e outros materiais perigosos. Assim, é possível identificar quando as condições internas não estão adequadas para a saúde dos colaboradores. Do mesmo modo, é possível determinar as condições que levam à piora da qualidade do ar e executar medidas preventivas.

Benefícios para as empresas

Além de ser vantajoso para a saúde dos colaboradores, o monitoramento da qualidade do ar também é uma ótima estratégia para as empresas. Isso porque há uma relação direta entre bem-estar e produtividade. Logo, ao garantir uma boa qualidade do ar, é possível observar um aumento no desempenho dos funcionários.

Da mesma forma, as organizações podem garantir um ambiente seguro para armazenamento de seus produtos, garantindo uma umidade e concentração de oxigênio e outros gases em níveis adequados.

Aplicando IoT na sua empresa

Cada organização deve avaliar como a qualidade do ar pode ser prejudicada em sua atividade. Especialmente em um chão de fábrica, onde costuma haver trabalho 24 horas por dia, é extremamente importante conhecer o nível de material particulado a todo momento.

Além dos sensores de monitoramento da qualidade do ar, as fábricas podem adotar outras tecnologias IoT que interajam com esses dispositivos. Por exemplo, podem ser adotados sistemas de ventilação inteligente, que serão acionados em momentos em que a qualidade do ar não estiver adequada.

Projetos sob medida

As soluções IoT de monitoramento da qualidade do ar podem ajudá-lo a obter dados importantes, o que, por sua vez, irão auxiliá-lo a otimizar seu ambiente de trabalho. No entanto, a adoção dessa tecnologia deve ser feita com a ajuda de especialistas que irão identificar as melhores ferramentas disponíveis e também a melhor forma de aplicá-las.

A Aliger desenvolve sensores eletrônicos sem fio, ou fazem a curadoria dos que estão disponíveis no mercado mundial. Ela integra estes dispositivos aos seus sistemas especialistas, baseados em tecnologias de Inteligência Artificial, construindo projetos eficazes e sob medida para atender as necessidades de seus clientes.

Agora que você já sabe como os sensores inteligentes de monitoramento da qualidade do ar podem ajudar as fábricas, que tal conhecer outras soluções baseadas em Internet das Coisas? Acesse o nosso guia completo de aplicações para IoT.

Escrito por

Tags

Open chat