aliger em IoT

23 de abril, 2019

Prevenção de deslizamentos em encostas e morros: como a IoT pode ajudar?

Recentemente, acompanhamos o incidente nas barragens de Brumadinho-MG que causou a morte de mais de 200 pessoas, sem falar nos danos materiais e ao meio ambiente. Infelizmente, este não foi um caso isolado.

Acontecimentos como esse tem sido cada vez mais frequentes em diferentes regiões do mundo devido, principalmente, às alterações climáticas e ações humanas que degradam o solo. Mas nem tudo está perdido. Hoje, já estão disponíveis soluções tecnológicas baseadas em sensores integrados a dispositivos IoT que ajudam na prevenção de deslizamentos em encostas e morros.

Continue a leitura para saber como a Internet das Coisas (IoT) pode ajudar a evitar esse tipo de tragédia!

Como funciona a prevenção de deslizamentos?

Deslizamentos são rupturas de uma rocha ou massa de terra e são sempre precedidos por vários tipos de “pré-rupturas”. Embora a magnitude dessas deformações pré-ruptura dependa do tipo da rocha ou do solo envolvido, eles são mensuráveis, o que permite gerenciar esse tipo incidente.

Em outras palavras, o segredo para o gerenciamento de riscos de deslizamentos é a previsão. No entanto, ela só pode ser feita se o movimento de terra ou, mais importante, a aceleração da massa de terra puder ser medido milimetricamente de forma constante.

O método tradicional de medição envolve o envio de inspetores ou engenheiros para campo frequentemente, ou até diariamente, para medir o movimento da terra com os teodolitos – um processo manual e caro. Mesmo as opções de alta tecnologia envolvendo robôs ou drones são caras ou têm suas desvantagens.

Como a IoT pode ajudar?

A IoT apresenta soluções que podem tornar o processo de prevenção de deslizamentos mais barato, dinâmico e eficaz. Um exemplo é o uso de sensores geotécnicos que emitem sinal infravermelho, o qual é refletido em espelhos instalados estrategicamente na área monitorada. Assim, esses sensores inteligentes conseguem captar mesmo pequenas movimentações de terra, abrangendo uma área em 360 graus e com até 2,5 km de extensão.

Outra solução que vem apresentando bons resultados é o uso de dispositivos IoT dotados de sensores de GPS sem fio, que devem ser instalados em pontos estratégicos nos morros e encostas. Eles possuem algoritmo baseado em nuvem para calcular a localização exata de cada dispositivo e informar sua movimentação, com base em sua localização fixa inicial.

Isso permite que as medições diárias sejam feitas em vários pontos de uma área de risco, sem a necessidade de visitas ao local, sem requisitos de linha de visão ou cabeamento, e sem intervenção humana no local.

Ainda é possível configurar alertas sempre que houver movimentações mais significativas, o que pode indicar maiores riscos de deslizamento.

Outras contribuições da IoT na prevenção de deslizamentos?

Atualmente, existe uma infinidade de aplicações para IoT disponível para uso em diferentes segmentos. Uma das mais populares são os dispositivos inteligentes para previsão de tempo. Eles podem ser muito úteis na prevenção de deslizamentos, visto que as fortes chuvas são uma das principais causas desse tipo de incidente.

Ao prever um grande volume de chuvas em uma área de risco, é possível tomar atitudes, como evacuação da área ou outras medidas de segurança, a fim de evitar maiores tragédias.

Além dessas soluções citadas, existem outras aplicações para IoT que podem ser utilizadas na prevenção de deslizamentos ou em outras situações em que você deseja maior segurança e proteção. Para obter as melhores soluções, é essencial contar com a curadoria de uma empresa especializada que possa oferecer produtos sob medida para sua necessidade.

Se você gostou de descobrir como a IoT pode ajudar na prevenção de deslizamentos, também irá gostar de saber como usar a inteligência das coisas para antecipar problemas. Tenha uma boa leitura!

Escrito por

Tags

Open chat