aliger em Tecnologia

18 de janeiro, 2019

Entenda a importância da IoT para gestão de Facilities

A evolução tecnológica segue em um ritmo frenético. A cada dia, quando menos esperamos, surgem novidades capazes de impactar drasticamente sociedades, indústrias e mercados inteiros. E esse parece ser o caso da aplicação da IoT para gestão de facilities. Em vista disso, o objetivo deste artigo é mostrar a você o impacto da Internet das Coisas na gestão, no monitoramento, na execução e no controle de atividades terceirizadas realizadas em grandes condomínios, centros comerciais e empresas no geral com o intuito de ampliarem a eficácia e a eficiência das suas operações. Dessa união entre IoT e facilities é que nasce a tendência dos atuais edifícios inteligentes, nos quais a redução da quantidade de pessoas trabalhando dentro da própria estrutura e a ampliação do uso de sistemas automatizados podem ser facilmente notadas. Antes de entrarmos diretamente no tema, vamos clarear cada um dos conceitos, para depois abordarmos sua simbiose. Continue a leitura e confira!

O que é a Internet das coisas (IoT)?

Internet das Coisas representa a disseminação mundial de dispositivos de diferentes funções conectados uns aos outros e com a rede mundial de computadores. Em outras palavras, é uma rede complexa e adaptativa de sensores, microchips e dispositivos dotados de grande capacidade de processamento que possuem a possibilidade de interagirem entre si. Tamanho poder tem impactado diretamente os mais diferentes campos econômicos e sociais. Entre eles, podemos destacar transporte, logística, segurança, gestão pública, indústrias, comércios, agronegócio, smart cities (cidades inteligentes), medicina, setor de facilities (como veremos adiante) e muito mais.

O que são facilities?

Em tradução direta, “facilities” do inglês significa “facilidades”. É a expressão utilizada para designar todos os tipos de serviços que são prestados como uma forma de facilitar o dia a dia de pessoas ou de instituições. Nas empresas, as facilities são aplicadas de maneiras diferentes. Geralmente, são agrupadas em apenas um lugar, utilizando mão de obra especializada orientada a serviços dentro de uma outra empresa. Isso possibilita redução de custos e de despesas e foco exclusivo dos colaboradores no core business (atividades principais da empresa). Simplificando um pouco mais, o conceito de facilities pode ser entendido como uma terceirização integrada na qual um provedor único se responsabiliza por um determinado conjunto de atividades. Em contratos de facilities, existem inúmeros serviços ofertados, a variar exclusivamente da demanda apresentada. Entre alguns exemplos de maior identificação, podemos citar:
  • atividades de limpeza e conservação de áreas externas;
  • jardinagem;
  • limpeza de fachadas;
  • manutenção de máquinas e equipamentos;
  • locação de veículos;
  • manutenção predial;
  • segurança.

Como a IoT pode otimizar as atividades de facilities?

Agora que ampliamos o conhecimento sobre a Internet das Coisas e os serviços de facilidades, vamos entender, por meio de alguns exemplos de possibilidades e aplicações, como eles se relacionam e proporcionam um avanço na produtividade e na eficiência das empresas de diferentes setores.

Transporte e logística

Facilities de transporte, logística e controle de frota são algumas das atividades que podem ser beneficiadas pela IoT. Ao gerir e equipar a frota da sua empresa com dispositivos smart (inteligentes), é possível ampliar o controle sobre o prazo de suas entregas, realizar o cálculo de melhores rotas e economizar no combustível. Existem outros dispositivos que podem ser usados para aumentar a segurança da frota, como os sensores ativados em situações de perigo com a mudança repentina de velocidade ou frenagens incomuns. Também existe tecnologia disponível para captura de imagens em vídeo, que muito contribuem para ressarcimentos de seguros e investigações policiais em casos de acidentes.

Segurança

Hoje em dia, a segurança é um dos fatores de maior preocupação no mundo. Seja para o controle de acesso a áreas restritas com fontes de informação valiosas, como data centers de médias e grandes organizações, seja para segurança digital. Os serviços prestados pelas empresas de facilities podem e devem ser aprimorados levando em conta tecnologias disponibilizadas pela IoT como visão computacional, sistemas de rastreio veicular por GPS e identificação facial. O mesmo vale para serviços prestados em segurança pública e em plantas industriais de alta periculosidade, controle remoto de acesso a condomínios e prédios comerciais e muitos outros. Muitos dispositivos estão disponíveis no mercado exatamente para funções tais como: sensores de presença; detectores de gases, de radiação e de substâncias químicas; identificação de eletrônicos e ondas eletromagnéticas e muitos outros que podem ser aplicados sob medida conforme a situação.

Suporte administrativo

O uso da IoT para gestão de facilities também pode ser aplicado a serviços de suporte administrativo, uma vez que o controle de documentos e processos é facilitado pelos mais variados dispositivos de coleta, processamento e envio de dados. Entre os serviços, estão:
  • gestão de arquivos e documentos;
  • logística interna e armazenagem;
  • copiadoras;
  • help desk;
  • concierge;
  • telefonista;
  • portaria e recepção.
Apenas como exemplo, no caso de condomínios residenciais, cresce cada vez mais a utilização de portarias virtuais que realizam o controle de acesso de moradores e visitantes de maneira remota, com dispositivos conectados à internet a quilômetros de distância do local administrado.

Automação

O uso crescente de automação também representa uma inovação na área de facilities. A utilização de robôs para a execução de atividades mais simples — limpeza de vidros, carregamento de produtos, aspirador de pó autônomo, entre outros — tem se tornado corriqueira no dia a dia das empresas.

Qualidade do ar em fábricas

Graças ao uso de dispositivos de IoT, também é possível obter uma análise apurada das condições do ar interno em fábricas. O controle otimizado proporcionado por esses dispositivos permite que serviços de facilities controlem o acesso a ambientes, a demarcação de áreas restritas e a definição do grau de risco conforme a exposição de gases tóxicos.

Eficiência energética

As soluções de IoT para a gestão do consumo de energia e de eficiência energética estão entre os maiores interesses das empresas, o que configura uma grande oportunidade na gestão de facilities. A tecnologia dos dispositivos atuais possibilita a gestão inteligente da distribuição de energia elétrica por meio da medição remota e da geração descentralizada. No contexto das facilities, a IoT transformará ainda mais os ambientes, proporcionando mais conectividade. Essa é uma tendência global que já começou a dar seus primeiros passos. Para os próximos anos, podemos vislumbrar grandes avanços principalmente na área da robótica. Certamente, haverá uma evolução tecnológica da capacidade de execução de tarefas desses sistemas autônomos, bem como da sua eficiência e precisão. A popularização e o uso da IoT para gestão de facilities, combinados com os atuais avanços da computação em nuvem, vão crescentemente contribuir para a mudança na forma como a gestão e a execução de atividades são realizadas, impactando positivamente a produtividade das empresas. E você, o que pensa sobre tudo isso? Deixe o seu comentário logo abaixo!

Escrito por

Tags

Open chat