aliger em Energia

16 de abril, 2019

Sensores em distribuidoras de energia: como reduzir custos?

Apesar do ganho de eficiência energética nos últimos anos, fatores como o crescimento da população global e mudanças climáticas ainda impõe muitos desafios às distribuidoras. Mas, nem tudo é má notícia. Com o uso de sensores em distribuidoras de energia, elas estão conseguindo elaborar planos para melhorar a resiliência da rede e, ao mesmo tempo, reduzir custos.

Com o uso de sensores integrados à Internet das Coisas (IoT),  as distribuidoras de energia estão se tornando mais inteligentes. Dessa forma, elas estão respondendo aos riscos mais rapidamente, cumprindo as metas de sustentabilidade, os regulamentos e aumento da eficiência.

Continue a leitura para entender melhor como esses resultados estão sendo alcançados!

A energia inteligente começa com dispositivos inteligentes

A IoT está gradualmente permeando todos os aspectos de nossas vidas incluindo a eficiência energética de indústrias e edifícios residenciais. Medidores inteligentes de energia e qualidade de energia, relés de proteção e disjuntores estão ajudando as equipes de instalações e serviços a enxergarem profundamente o sistema elétrico.

Atualmente, já existem diversas soluções que ajudam a tornar o fornecimento de energia muito mais eficiente. Assim, favorecendo tanto aos clientes quanto às distribuidoras. Acompanhe:

Confira as vantagens do uso de sensores em distribuidoras de energia

1.Monitoramento e manutenção do sistema de energia

Com o uso de sensores em distribuidoras de energia é possível monitorar várias métricas do sistema, incluindo sua integridade geral, desempenho e eficiência e, assim, simplificar sua manutenção.

Sem o uso da tecnologia, impossível para as distribuidoras identificar um problema antes de o sistema cair. Além disso, a verificação de problemas manualmente é um processo extremamente dispendioso e trabalhoso.

Usando dados dos sensores, é possível implementar modelos de manutenção preditiva. Como resultado, a empresa pode prever melhor suas necessidades de manutenção, obter melhor eficiência operacional, evitar a danificação de seus ativos e minimizar o tempo de inatividade do sistema.

2.Automação do processo

O uso de sensores em distribuidoras de energia permite a construção de um sistema de distribuição autônomo. Como mencionado acima, os sensores inteligentes podem ser usados ​​para monitorar o desempenho do sistema em tempo real e, como resultado, ajustar automaticamente sua eficiência usando tecnologias como Machine Learning  e Inteligência Artificial (IA).

3.Transformação dos mercados de energia

A conectividade dos dispositivos IoT pode fornecer uma visão em tempo real da energia à medida que é gerada, distribuída e consumida. Se uma rede inteligente for implantada e os geradores se vincularem a ela, as distribuidoras poderão operar com um sistema descentralizado, muito mais eficiente e gerenciável. Isso significa uma transformação profunda no modelo de negócios, que passa a ser muito mais eficiente e menos dependente de intervenções humanas.

4.Medição inteligente

A utilização de sensores em distribuidoras de energia possibilita a utilização de medidores inteligentes. Com eles, é possível fazer a leitura do consumo sem ter que enviar um funcionário até o imóvel do cliente. Isso ajuda a reduzir custos, torna a medição mais eficiente, além de contribuir para a satisfação do cliente, que pode acompanhar seu consumo em tempo real.

A IoT oferece tecnologias exponenciais que as distribuidoras podem implantar imediatamente para melhorar a eficiência e, assim, reduzir custos. Há ainda várias tendências, que poderão ser implementadas quando essas empresas possuírem uma rede inteligente e integrada. Por isso, é preciso começar o planejamento desde já, para conseguir maximizar o uso da tecnologia no processo de distribuição e, consequentemente, aumentar o lucro.

Vale ressaltar que o uso de sensores em distribuidoras de energia é inevitável. O novo relatório da Global Market Insights, intitulado "IoT Utilities Market Size, Growth - Industry Share Forecast Report 2024" aponta que a indústria de IoT voltada para o setor elétrico crescerá 15 bilhões de dólares até 2024.

Se você estiver disposto a explorar as oportunidades dentro da esfera, certifique-se de, antes de tudo, associar-se a um provedor de tecnologia confiável e experiente.

Agora que você já sabe como os sensores podem ajudar a distribuidoras de energia a reduzir custos, descubra como a IoT e a IA estão colaborando com as cidades inteligentes. Boa leitura!

Escrito por

Tags

Open chat