aliger em Agricultura

7 de maio, 2019

Sensores na agricultura de precisão: como eles estão criando um campo mais conectado?

O uso de sensores na agricultura de precisão está ajudando os produtores a serem mais eficientes e impactando positivamente em questões ambientais. Também chamada de agricultura inteligente, essa nova estratégia de cultivo permite a maximização dos rendimentos usando recursos mínimos, como água, fertilizantes e sementes.

Ao implantar sensores e campos de mapeamento, os agricultores podem começar a entender suas culturas em uma escala micro, gerir os recursos e reduzir os impactos no meio ambiente.  A seguir, você verá como essas tecnologias de sensoriamento estão tornando o agronegócio mais moderno, conectado e eficiente.

Sensores na agricultura de precisão

Atualmente, são utilizados vários tipos de sensores na agricultura de precisão. Eles fornecem dados que ajudam os agricultores a monitorar e otimizar as culturas, bem como adaptar-se a fatores ambientais variáveis. Algumas das principais tecnologias de sensoriamento são:

Sensores de localização

Esse tipo de sensor usa sinais de satélites GPS para determinar latitude, longitude e altitude, o que permite uma representação topográfica muito precisa de qualquer terreno. Esses mapas de precisão são úteis, por exemplo, para elaborar um mapa de rendimento, para determinar as áreas que apresentam melhores condições naturais para cultivo.

Além disso, é possível mapear os limites do terreno, estradas existentes e áreas úmidas de toda propriedade. Essas informações são muito úteis no planejamento agrícola.

Sensores ópticos

Esses sensores são utilizados, principalmente, para medir as propriedades do solo. Eles podem ser colocados em veículos ou plataformas aéreas, como drones ou até mesmo satélites. A refletância do solo e os dados de cores da planta são apenas duas variáveis ​​de sensores ópticos que podem ser utilizados na agricultura de precisão.

Sensores eletroquímicos

Essa é uma das principais aplicações de sensores na agricultura de precisão. Esses sensores fornecem informações essenciais, tais como pH e níveis de nutrientes do solo. Comumente, essa tecnologia é utilizada em conjunto com veículos especialmente projetados para essa finalidade. Eles são dotados de GPS, o que ajuda a mapear os dados químicos de toda a propriedade.

Sensores mecânicos

Nessa modalidade, os sensores usam uma sonda que penetra no solo e registra forças resistivas por meio do uso de células de carga. Uma forma similar desta tecnologia é usada em tratores grandes para prever os requisitos de tração para equipamentos de aterramento.

A utilização desses sensores na agricultura de precisão é muito importante, visto que eles detectam a força usada pelas raízes na absorção de água e são muito úteis para intervenções de irrigação.

Sensores capacitivos

Esse tipo de sensor é utilizado, principalmente, para avaliar os níveis de umidade do solo. Isso é feito mediante medições da constante dielétrica, uma propriedade elétrica que muda dependendo da quantidade de umidade presente no solo.

Agricultura conectada

Esses vários tipos de sensores coletam diversos tipos de dados que são processados e disponibilizados em diversas aplicações disponíveis em computadores, smartphones e tablets.

Assim, é possível criar análises detalhadas e recomendações valiosas para otimizar a produção agrícola.

A agricultura de precisão cresceu para atender à crescente demanda mundial por alimentos, usando tecnologias que tornam mais simples e barato coletar e aplicar dados, adaptar-se às mudanças nas condições ambientais e usar os recursos com maior eficiência, aliando tecnologia e sustentabilidade.

Embora as grandes fazendas tenham sido as primeiras a adotar essas tecnologias, as fazendas menores agora também podem se beneficiar, usando ferramentas integradas em telefones inteligentes, aplicativos relevantes e máquinas de menor porte.

Além disso, o uso de sensores na agricultura de precisão está contribuindo para soluções que se estendem além das fazendas, incluindo poluição, aquecimento global e conservação.

E então, gostou de saber mais sobre o uso de sensores na agricultura de precisão? Então, você tem irá gostar de conhecer 7 aplicações de sensores na Internet das Coisas. Tenha uma boa leitura!

Escrito por

Tags

Open chat